Ainda está em dúvida em como ser um profissional independente? Para a organização de seu negócio independente, iremos destacar 5 perfis no Instagram relacionados ao mercado criativo:  

 

 

1. Menos 1 lixo

Para um empreendedorismo sustentável, o perfil do Menos 1 Lixo traz notícias sobre sustentabilidade pelo mundo, estatísticas envolvendo meio ambiente e saúde, além de promover palestras e cursos sobre educação ambiental. O perfil promove empresas independentes de orgânicos pelo país e alerta sobre infrações cometidas em direitos humanos na produção industrial de alimentos. O movimento Menos 1 Lixo foi criado por Fe Cortez, uma ativista ambiental, palestrante e colunista da revista Glamour. Após ter descoberto o quanto produzimos de lixo e descartamos, Fe Cortez criou o Menos 1 Lixo para conscientizar sobre a situação ambiental e dar conselhos em como empoderar o indivíduo capaz de transformar o mundo por meio de pequenos gestos, como usar um copo reutilizável (ícone do movimento) ao invés de um copo plástico. 

2. Hábitos que mudam 

O mais importante para o profissional independente é a organização pessoal, ou seja, sua rotina e seus hábitos. O perfil Hábitos que mudam contribui  no seu planejamento diário, como administrar seu tempo de maneira consciente e cumprir suas metas sem sobrecarga. As publicações trazem dicas e conselhos de como equilibrar suas metas profissionais e sua vida pessoal. O perfil foi criado por Lari, 23, publicitária que aprendeu novas maneiras de ser produtiva repensando sua agenda diária. Ela transmite o que aprendeu para as pessoas pelo Instagram para que criem rotinas criativas e compatíveis com a vida delas. Para um mercado criativo, seus conselhos tornam-se fundamentais. 

3. Movinggirls 

O mercado independente no Brasil é bem difícil e arriscado, especialmente para as mulheres. Felizmente, o perfil Movinggirls existe como uma plataforma para promover o empreendedorismo feminino e contar histórias de mulheres batalhadoras. O conteúdo gerado mostra notícias sobre mulheres, histórias de superação e conquista e dicas na organização e na criação de negócios independentes para novas empreendedoras. A plataforma foi criada por Camila Vidal, CEO e diretora criativa da Movinggirls. Também há website que disponibiliza acesso aos links, cursos e podcast “Moving Girls Podcast”. A Movinggirls está promovendo um evento chamado “Dominação Mundial”, que acontecerá do dia 11 a 13 de setembro. O evento irá ter aulas, palestras e a participação de convidadas que irão compartilhar suas histórias sobre empreendedorismo feminino. As inscrições já estão abertas. 

4. Coolmmerce 

A pandemia do corononavírus valorizou mais o e-commerce, possibilitando que as pessoas comprem o que querem sem sair de casa. Para aqueles que desejam tentar esse tipo de empreendedorismo, o perfil Coolmmerce irá ajudar, explicando como criar seu negócio on-line com algumas dicas de marketing. As publicações aconselham quais são os melhores canais para a criação de conteúdo, dão dicas de como personalizar sua marca e fornecem análise de outras marcas para que profissionais independentes possam aprender e aplicar no mercado. Foi criado por Isabela Gaidys de 21 anos, também CEO da empresa chamada Ilustralle, que vende itens de papelaria e outros produtos bem descolados e com personalidade. 

5. Graninhax 

Para quem está começando no mercado independente, o investimento do dinheiro será crucial para que seu negócio dê certo. Para isso, o Graninhax irá ajudar com muita diversão. Usando um formato tanto cômico como educativo, o perfil irá oferecer conselhos: como gastar de maneira consciente e inteligente e como administrar suas despesas sem prejuízo. A plataforma também traz dicas para freelancers e sugestões de programas para divertir-se a custo baixo. Além disso, tenta conscientizar sobre causas sociais relacionados à economia e ao mercado criativo.