Uma banda independente é um segmento do empreendedorismo que exige ousadia e boas práticas. Siga estas dicas abaixo para obter sucesso no mercado da música independente!

 

 

1. Converse sobre o comprometimento do grupo 

Começar uma banda é iniciar um negócio independente, mas o projeto só dá certo se todos estiverem dispostos a colaborar. Por isso, conversar sobre o tempo que cada um tem disponível durante o dia para ensaios e produção de conteúdo, o quanto querem investir financeiramente e sobre quais são as ambições e os objetivos de cada um, faz muita diferença. O diálogo deixa tudo mais claro e, a partir do momento que o grupo encontra sintonia nos objetivos, é hora de partir para a ação. 

2. Divida o seu orçamento

Não adianta ter uma música incrível e bem produzida se não sobrarem recursos para a divulgação. Mesmo que no começo o dinheiro seja pouco, dividir é importante. Os produtos oferecidos para o público precisam de qualidade: ao repartir a renda, a banda não irá esquecer de nenhum ponto importante e alcançará melhores resultados. Fazer uma lista apontando quais são as prioridades de investimento para a empresa independente é muito útil, pois assim o conjunto saberá por qual caminho será melhor começar.

3. Defina um público-alvo

Sua música independente possui um público consumidor, não adianta tentar fazer com que todos gostem do conteúdo, críticas sempre vão surgir. Não pense que o mais adequado é atingir a maioria, o importante é dedicar-se a quem realmente possa interessar-se pelo seu trabalho. Portanto, saber qual é o seu público-alvo ajuda na hora de produzir conteúdo, da comunicação, de onde apresentar-se, além de criar uma identidade para sua banda. Para definir o seu tipo de público é relevante pensar em fatores como: idade, localização, estilo de vida, entre outros aspectos. 

4. Seja ativo nas redes sociais

Um profissional independente precisa fazer sua divulgação. As mídias sociais e o marketing digital são ferramentas indispensáveis para bandas que desejam ter visibilidade em suas músicas e conquistar fãs. Por isso, ter um perfil ativo nas redes é obrigação!

Utilize diferentes plataformas e poste com muita frequência para ter um bom engajamento, além de com o tempo poder ganhar lucro dentro das redes, por meio da monetização. É importante estar por dentro das novidades dos aplicativos e perceber quais são os conteúdos que o seu público mais gosta de ver. Algumas plataformas oferecem dados e estatísticas que podem ajudar a entender mais os seus seguidores: você consegue saber até mesmo qual o melhor horário para postar. Coloque fotos, vídeos dos bastidores e das músicas, crie hashtags e interações. 

5. Mantenha uma boa comunicação com o seu público

Criar laços com a sua comunidade é essencial. A comunicação com o público faz toda a diferença.  A banda deve sempre ter uma interação pessoalmente, mas principalmente on-line. Responder mensagens e interagir pelos comentários, gravar stories, mostrar um pouco mais da vida dos integrantes e da rotina da banda faz com que os seguidores sintam-se mais próximos.  

 6. Faça networking

Ter contatos é de extrema importância para um negócio independente, por isso o networkingé ideal neste momento. O termo em inglês, também conhecido como “rede de contatos”, é a ação de interagir com outras pessoas e desenvolver contatos profissionais. Por meio desses contatos você consegue trocar diversas experiências, informações e aprendizados. Além de que, conviver com pessoas inspiradoras traz motivação, aprimora ideias e aumenta o potencial criativo, características que ajudam a atingir os objetivos esperados para a carreira da banda. Seja visível e autêntico, busque pessoas com interesses em comum e participe de eventos.

7. Use o streaming para divulgar suas músicas

Hoje os CD´s não fazem mais tanto sucesso como antigamente, por isso, poste os seus álbuns e músicas em diversos meios on-line. Publicar no YouTube é um dos primeiros passos para fazer sua música ter sucesso no mercado independente, ainda mais com um videoclipe bem produzido. Não se esqueça de colocar as canções nos serviços de streaming de áudio como Spotify, Deezer e Soundcloud. A principal vantagem é que os ouvintes podem acessá-las sem precisar fazer downloads.

8. Recursos com financiamento coletivo

O “Crowdfunding” é um financiamento coletivo que funciona como uma “vaquinha”. Hoje existem muitas plataformas colaborativas, nas quais muitas pessoas cadastram seus projetos e conseguem o apoio de diversos colaboradores por meio da Internet. Dentro do meio musical, é uma estratégia muito comum, além de um passo importante para obter condições de viabilizar sua carreira no mercado independente. Chimarruts e Raimundos são exemplos de bandas que já realizaram arrecadação de recursos por essa modalidade.

Por meio desse financiamento você pode conseguir produzir um novo álbum, um DVD, videoclipes e shows. Mas, esse é um passo para pensar depois de já ter uma quantidade significativa de seguidores, pois você precisa de colaboradores que apoiem o seu trabalho.

Deixe um comentário