Inovação, empreendedorismo, metas e horário flexível: são muitas as razões que podem levar uma pessoa a optar por um negócio independente, parte do mercado criativo que vem crescendo nos últimos anos. As vantagens de trabalhar dessa forma são a autonomia, baseada em poder definir a forma como irá administrar as tarefas e o local. Além da possibilidade de escolher para quem prestará os seus serviços.

 

 

Em contrapartida, posicionar-se no mercado independente requer, além de um excelente trabalho, uma organização impecável. Por isso, listamos nove dicas para que você, profissional independente, possa organizar sua rotina de trabalho.

1. Administre as suas tarefas

Descubra quanto tempo você leva para realizar cada tarefa. Isso é muito importante para não encher a agenda de compromissos, achando que dará conta de tudo e depois perceber que não deu conta nem da metade. Cronometre cada atividade que você faz e anote tudo. Não esqueça de levar em consideração as atividades que não estão, necessariamente, relacionadas ao trabalho, mas que possam afetá-lo, como o tempo em que você demora para se arrumar. Você poderá começar o seu trabalho mais tarde por um erro de cálculo.

2. Crie uma agenda 

Já sabendo quanto tempo você leva para realizar cada atividade, crie uma agenda, física ou digital, com tudo que precisa fazer ao longo do semana. O importante é que nela conste o horário de início e término das tarefas, respeitando uma ordem de prioridades. Isso ajudará a saber o que fazer assim que terminar uma atividade. Assim, você elimina aquele tempo perdido de “o que vou fazer agora?”.

3. Não procrastine

Evite procrastinação. Não adianta fazer uma agenda e não seguir. Se você tem um trabalho programado para determinado horário, então não faça outra atividade que não seja aquela prevista. Aja na sua empresa independente da mesma forma como agiria se fosse funcionário de uma multinacional.

4. Lide com os imprevistos

Saiba fazer reajustes no horário quando necessário. Imprevistos podem acontecer, então saiba mudar a ordem de execução das tarefas sem comprometer a qualidade do seu trabalho. Se você faz parte do mercado criativo gravando vídeos, por exemplo, e na hora que você iria começar a gravar o seu vizinho começou a fazer barulho, faça a próxima atividade do dia e deixe para gravar mais tarde.

5. Adiante o trabalho sempre que puder

Sempre que surgir um tempinho, tente adiantar o seu trabalho. Isso ajuda a otimizar o tempo e precaver-se para possíveis imprevistos ao longo da agenda. 

6. Descanse

Respeite seu tempo de descanso. Tão importante quanto trabalhar é descansar. Então, reserve um intervalo durante a agenda e outro para dormir. Durante esses períodos, esqueça um pouco o trabalho. Viva outra coisa. Isso fará você retornar com mais energia e motivação à sua atividade. Evite também trabalhar até tarde, invadindo o horário de dormir.

7. Escolha um local

Defina um local de trabalho longe de barulho e distrações. É mais difícil dar conta de várias atividades em um local barulhento ou com possíveis distrações como TV e celular, pois sua atenção fica dividida entre o trabalho e o ruído, ou entre o trabalho e a diversão. Isso põe em risco a qualidade do seu serviço e pode fazer com que você precise de mais tempo para concluí-lo.

8. Seja organizado

Mantenha o local de trabalho sempre organizado. Fica muito difícil dar conta de entregar as tarefas no prazo correto se o material necessário para realizá-las não estiver acessível. O tempo perdido procurando um objeto poderia ser usado na atividade. É como dizem, tempo é dinheiro, então dê valor a cada segundo do seu. Defina um lugar fixo e de fácil acesso para guardar seus materiais.

9. Saiba dizer não

Recuse algumas atividades. Você pode começar a receber muitas propostas de trabalho, ficando sobrecarregado com toda a demanda. Para evitar estresse, dar conta da agenda e garantir a qualidade dos seus serviços, rejeite alguns trabalhos caso sinta necessidade.

Deixe um comentário